em Notícias

    foto-esocialA Receita Federal publicou, nesta quarta-feira (31), resolução que estabelece um novo prazo para entrada de empresas no sistema do eSocial. De acordo com a norma, o programa torna-se obrigatório a partir de janeiro de 2018 para empresas com faturamento acima de 78 milhões, e junho do mesmo ano para todas as outras.

    A resolução anterior estabelecia setembro de 2016 como data limite para o início da produção no sistema.
    Mas, o que muda com o eSocial?
    “Ações que eram comuns nas empresas terão que ser revistas, um exemplo são referentes aos exames demissionais e adminicionais, e a entrega do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), que muitas empresas pediam para ser realizado depois da contratação, a partir de agora, o mesmo terá que acontecer com antecedência, senão, não poderá ser efetivado o contrato”.
    As corporações não devem se iludir com o novo prazo do eSocial. As mudanças são drásticas e complexas. Não por acaso, os próximos meses são considerados fundamentais para a adaptação ao novo regime.

     

    Postagens Recomendadas